COELHO QUER MAIS AGILIDADE NO LICENCIAMENTO AMBIENTAL